Avançar para o conteúdo principal

Uma História na Grande Odisseia da Orientação

A odisseia dos atletas é feita de várias pequenas histórias, umas boas outras más, mas sem dúvida que todas nos marcam de alguma maneira.

Esta que quero partilhar é sem dúvida das mais caricatas que me aconteceu até hoje no ‘’mundo’’ da orientação. Dela retiro uma grande aprendizagem e não irei esquecer durante muito tempo.

Prova local em Coruche, designada ‘’estafeta de 1 homem’’: um único percurso com vários pontos de dispersão e ‘’loops’’, estavam presentes muito bons atletas e amigos meus. 10 Horas e 20 minutos foi dada a partida, o ritmo alucinante, a marcação entre nós começou de imediato. Após a 1ºpassagem no ponto de espectadores (em 2 passagens) íamos todos juntos até que a história inesquecível sucede, mas para já continuo o relato e já volto à história!

Continuando a alto ritmo entre a 1º e 2º passagem consegui isolar-me na frente da prova com o Tiago Aires, com toda a adrenalina o cansaço, simplesmente, não existia. Estava a pouco mais de 10 pontos de puder discutir a vitória com o Tiago. Foi então que chegamos aos ‘’loops’’ e separámo-nos, pensei que nunca mais o iria ver, mas não foi o que aconteceu! Na saída do último ponto dos ‘’loops’’ estávamos outra vez juntos. Um grande erro para o penúltimo ponto e controlo colocou-me na teoria em 2ºlugar, mas como o Tiago participou extra-competição na prática eu tinha vencido, ou não!

No momento em que descarreguei o sistema SI tinha falhado 2 pontos, não acreditei no imediato e pedi o ‘’master’’ para confirmar. É então tempo para voltar atrás na história e explicar o que aconteceu: após a 1ºpassagem no ponto de espectadores.

Ponto 14 e 15 ambos de dispersão, seguíamos todos em grupo até que o Tiago apareceu a acelerar o ritmo, segui de imediato atrás dele cometendo um erro básico na orientação: não vi a sinalética. Piquei o ponto do Tiago que se encontrava a 20metros do meu e em seguida voltei a fazer o mesmo, mas desta vez tinha olhado para a sinalética, apenas não vi o código do ponto!

Fiz assim ‘’mp’’ e fiquei desolado, não pode acontecer uma situação destas nas minhas provas de estafetas futuras.

Uma ‘’bonita’’ história que tem que ser contada por quem a viveu e foram muitos que a viveram, pois no grupo da frente apenas o Tiago não fez ‘’mp’’ e logo o único que não contava para a classificação.

Classificação essa que esteve como líder o meu novo colega de quarto Jorge Fortunato que chegou quase 7minutos depois de mim!

Faz-me lembrar uma historia de infância que envolve uma lebre não muito esperta e uma tartaruga super-inteligente e se bem se lembram do final não ganhou a lebre! =)
Aqui está o percurso bem como a zona onde falhei!


M

Comentários

  1. Olha que só por essa foto ja te valia a pena ó Mega
    ...como é que é possível... xD
    Pensa pela positiva, da proxima não erras assim
    LOL ROFL RAG KKK JAJAJA (escolhe a que tu quiseres)

    Ab,

    Fábio

    ResponderEliminar

Publicar um comentário