Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2016

Challenge Volkswagen 2016

Depois de o ano passado ter decidido participar na corrida Volkswagen apenas na semana antes, este ano desde muito cedo que reservei o fim de semana de 21 e 22 de maio para estar presente mais uma vez neste evento. Este ano a novidade foi a adição de uma prova de trail à habitual corrida formando assim o Challenge.

2 provas muito bem organizadas e com características completamente diferentes, uma com a percorrer estradas e trilhos da região de Palmela terminando numa dura subida até ao castelo via estrada romana e outra uma prova completamente plana a visitar todos os cantos do maior parque industrial automóvel de Portugal, a Autoeuropa.

Quanto às minhas prestações deixaram-me bastante satisfeito, sinto-me muito mais confortável a correr e com maior resistência. O treino está a começar a fazer efeito e o ritmo competitivo começa a surgir. Confesso que enquanto escrevo o post tenho as pernas muito doridas, mas 25km a ritmos elevados em 2 dias de competição não faço todos os fins de seman…

1 semana, 3 eventos para ganhar ritmo competitivo...

Campeonato Ibérico Feminino (Aguiar da Beira), Challenge 3000m (pista Jamor) e Corrida 1ºMaio (Lisboa) foram as provas que na última semana estive presente. Em todas elas defini diferentes objetivos e quase todos eles foram cumpridos.

Campeonato Ibérico Feminino - Prova de orientação depois de estar quase 2 meses sem competir na modalidade. Quando decidi participar neste evento sabia que as coisas não podiam sair muito bem tecnicamente e por isso tracei um objetivo claro: terminar todas as provas fisicamente bem. 
Como seria de prever logo na etapa de distância média perdi imenso tempo no ponto de controlo número 1, mas com a restante prova até acabou por ser um mal menor e deixar-me satisfeito. Talvez o facto de o mapa ser muito atrativo e um bom percurso tenham contribuído para a satisfação global da minha prestação.
Na etapa de sprint esperava fazer um pouco melhor, pois estou a sentir-me melhor fisicamente. Contudo, uma fraca leitura de mapa em ritmos mais elevados nunca me permitiu …